Jeshua – “Transforme a parte mais profunda”

Queridos Amigos,

Eu Sou Jeshua. Sintam minha energia entre vocês. Eu saúdo a todos! É maravilhoso estarmos aqui neste espaço e tempo, neste século, porque vocês estão no limiar de uma nova era.

Em essência, cada um de vocês é um elemento individual de uma consciência muito maior e, especialmente, da sua própria alma. Sua alma é como um sol eternamente radiante, e você é um dos seus raios. Sinta-se como esse raio de sol. Você é parte de um todo maior, e é capaz de conectar-se com o centro do sol que você é. Imagine que você ascende desse raio de sol que agora é, por meio de uma conexão através do seu chacra coronário. Viaje ao centro desse sol que irradia luz de toda sua superfície e banhe-se nessa luz. Experimente-a nas profundezas de suas células e leve-a de volta consigo quando voltar do centro do seu sol para o raio que você é agora, aqui na Terra.

Sinta como essa luz foi absorvida pelos fluidos do seu corpo e todos os seus tecidos, músculos e órgãos. Seu corpo está bem familiarizado com essa energia. Afinal, foi a partir dessa energia de luz da sua alma que seu corpo tomou forma. É claro que seu corpo é uma dádiva da Mãe Terra, mas é a luz viva da sua alma, sua essência Divina, que lhe permite estar aqui através da fusão de alma e corpo. Você traz um pedaço da eternidade para este corpo ao trazer o espírito à forma.

O corpo é um mensageiro da alma. No corpo, você carrega memórias da alma que vão além da sua infância nesta vida atual. Você traz camadas de sentimentos de outras encarnações, geralmente no nível subconsciente, e esses sentimentos incluem experiências traumáticas. Estas experiências traumáticas são partes endurecidas e rígidas da energia da sua alma. A luz de quem você é não conseguiu alcançar essas partes, nessas encarnações anteriores, e assim elas permanecem privadas de luz. Portanto, são como um peso em suas pernas, uma pedra em seu estômago, ou qualquer outra analogia que você queira usar para ilustrar um aspecto endurecido de si mesmo que não consegue mover-se livremente em direção ao novo tempo. E essas partes lhe pedem que se volte para elas agora e envolva-as com seu amor e sabedoria.

Justamente neste momento, em que muitas almas na Terra se sentem estimuladas a voltar ao Lar – ao que elas verdadeiramente são – velhos pesos, geralmente de outras vidas, desejam ser vistos. E vocês estão prontos para fazer isso! Embora geralmente não o percebam… que estão prontos para transformar essas partes mais profundas, que podem provocar uma noite escura da alma. Quando digo que estão prontos para “transformá-las”, quero dizer que cada um de vocês está pronto para simplesmente permitir que a luz da sua consciência flua para elas. Não estou dizendo que deva se trabalhar, no sentido de mergulhar no passado e tentar analisar tudo, mas unicamente reconhecer o que está lá – neste momento – e permitir que a luz da sua consciência se irradie para essas partes mais sombrias. Façamos isto agora, de um modo muito prático.

Em primeiro lugar, quero persuadi-lo de que você é perfeitamente capaz de olhar para as partes mais sombrias e profundas de si mesmo e transformá-las e liberá-las. Você é muito mais grandioso do que essas partes traumatizadas, mas primeiro precisa conscientizar-se da sua luz. Isto você consegue conectando-se com o sol radiante que você é. Não só você é um ser infinito no meio desse sol que é uma manifestação do Divino, mas também são infinitos os raios que você emite. Cada vez surgem mais possibilidades excepcionais de canalizar sua energia para novos lugares, de modo a adquirir sabedoria e riqueza internas.

Esteja ciente do seu eu radiante agora, enquanto nos dirigimos a uma parte sua que está privada de luz. Falo no tempo presente sobre estar privado de luz, porque isto está acontecendo no agora. Qualquer coisa, que não tenha sido redimida em uma vida anterior, volta para você mais tarde; não como castigo, ou devido a um julgamento, mas graças a um desejo interior de que essa parte seja transformada para que possa liberar seus dons. Pois, em toda experiência, reside uma nova percepção, um fruto adquirido, um poder de cura.

Esteja ciente da sua alma, e agarre-se a essa luz enquanto se inclina para aquele algo ou alguém que surge do escuro, e que provavelmente se sente muito perdido, solitário, abandonado no frio; alguma coisa ou alguém que esteve privado de luz por muito tempo. Talvez essa sua parte nem queira aproximar-se porque sente necessidade de se proteger. Ela enxerga a luz que você irradia como algo ameaçador, porque se sente incapaz de incorporar tamanha luz.

Ajoelhe-se ao lado desse ser, ou o que quer que seja: uma criança, um vagabundo, um demônio, ou até mesmo uma figura monstruosa; não faz diferença. Ajoelhe-se, enquanto mantém sua luz. Diga a esse ser: “Amo você e estou de volta para redimi-lo. Estou aqui para resgatar você; está na hora de voltar para o Lar. Temos necessidade de você; não podemos continuar sem você.” Estenda sua mão e faça a conexão. Não se esqueça que essa parte também quer voltar para Casa, embora talvez resista, embora não confie. Em seu coração existe um desejo irresistível de voltar ao Lar, que é a única solução para esta sua parte alienada.

Diga a essa parte: “Ficarei esperando por você o quanto for necessário”, e tenha paciência. E enquanto estiver lá, ajoelhado como um Anjo de Luz, como o mensageiro da sua alma, sinta que assim é. Sinta o quanto você é paciente, e como você entende as emoções do outro. Sinta como você se dispõe a compreender essa parte traumatizada de si mesmo, como você a acolhe com amor. Não existe nenhum “deveria”, nenhuma expectativa, nenhuma pressa, nenhuma pressão. Sinta o quanto você conhece sobre esse ser à sua frente – pois ele é uma parte de você. Em certo sentido, este ser é uma criação sua, seu filho, e você quer fazer tudo o que puder para que essa criança floresça novamente, para que volte a acreditar na vida.

Não se esqueça de que não precisa sofrer junto com essa criança. Você está aí com toda a sua força e toda a sua inocência. Seja um Anjo de Luz. Abra suas asas enquanto está sentado no chão, e receba aquele que está sentado à sua frente. Este é o único gesto que você precisa fazer. Confie no impulso que vive nesse ser. Ele também deseja ir para Casa, embora, em termos terrenos, necessite de algum tempo para superar sua resistência, para superar velhas frustrações, tristeza, desilusão; e isto é compreensível. Então, ofereça a essa parte o tempo de que ela precisa e merece.

Só através de tal aceitação incondicional, essa criança conseguirá retornar ao Lar. Coerção e pressão são contraproducentes; você só precisa estar presente. Quando entrar nesse processo, não se esqueça que ele não é só seu. Se observar os últimos séculos da História da Terra, não será difícil reconhecer por que tanto trauma se desenvolveu nas pessoas. As guerras e a luta entre povos deixaram ferimentos profundos; muitas vezes tão profundos, que se tornaram parte da atmosfera astral para onde se vai depois de morrer na Terra.

Se você não transformar um trauma emocional durante uma vida terrena, ele se aderirá a você. Ele quer voltar ao Lar, e sabe que precisa permanecer com você se quiser ser redimido algum dia. A alma geralmente escolhe nascer novamente na Terra para se conectar com o trauma antigo, mas em circunstâncias nas quais será possível curá-lo. Este é o caso de muitos que estão encarnados na Terra agora.

É quase certo que você se depare com circunstâncias nesta vida, por meio de pessoas ou situações, nas quais velhas dores serão ativadas e virão à tona, porque você escolheu isto através da sua alma, do ponto central do sol que você é. Uma vez que esta ativação ocorra, e você se veja preso em camadas que vão muito fundo e além do que está acontecendo na superfície da sua vida, você pode afundar nessas camadas ou transformá-las – você tem esta opção.

De acordo com a natureza humana, é provável que você primeiro mergulhe fundo nessas camadas e vivencie novamente aqueles sentimentos terríveis que já experimentou em uma ou mais vidas passadas, revivendo-os. No entanto, a arte deste processo é se desapegar do passado e observar essas emoções através da luz da alma. Sei que você dirá: “Mas isto é muito difícil! Eu sou atraído e arrastado para baixo!” E a atmosfera da Terra também não ajuda muito a lidar com isso, porque ainda reina muita negatividade e medo entre as pessoas. Mas estou lhe dizendo que você é um Portador da Luz e está introduzindo um novo tempo na Terra. Conscientize-se do seu poder! Sinta a luz do sol que é sua essência – ela irradia infinitamente.

A dor terrena pode criar escuridão profunda, no entanto você é muito maior do que isso. Você pode deixar a luz brilhar mesmo nos lugares mais escuros, porque é isto que você deseja intensamente que aconteça. Esta foi a intenção da sua alma para esta vida – que você fizesse isso para si mesmo. E, ao fazê-lo para si mesmo, você também contribui com o alívio do peso coletivo na Terra. Portanto, eu lhe pediria que estendesse sua luz ao passado – e não apenas para o seu passado, mas para o passado coletivo da humanidade. Não se engane; esse passado não terminou; ele ainda está aqui. Ele ainda vive em grandes grupos de pessoas na Terra, que constantemente respondem a velhos medos, preconceitos e desconfianças, que não surgem do presente, mas têm raízes muito antigas. São pessoas que precisam lidar com dores não processadas que se acumularam em várias vidas.

Talvez agora você pense: “Mas eu não posso fazer isto; eu não quero isto; é um peso grande demais para mim!”. Permaneça na sua luz, sinta a luz do seu Sol! Você não precisa assumir a dor; você não precisa sofrer. Você só precisa permanecer na sua luz e permitir que ela brilhe. Deste modo, você reafirma para si mesmo que não é a sombra, que não precisa viver nessa sombra; que você é um mensageiro de uma nova Luz na Terra. Desta maneira, você se faz grande.

Imagine que você está aqui na Terra como um enorme Anjo de Luz e Docilidade. Abra amplamente suas grandes asas. Ouse ser grandioso e assuma seu lugar. Imagine que está descalço no chão, permitindo que seu Anjo de Luz brilhe. Olhe para a dor que ainda vive nas pessoas. Veja-a diante de si como uma névoa rodopiante, uma energia sombria e opressiva, mas não entre nela. Você só precisa observá-la e permitir que sua luz flua em direção a ela. E não precisa fugir dela, porque você já está no outro lado.

Observe como a energia de luz, gentileza, compaixão e paciência, que você irradia, é recebida. Você é um Trabalhador da Luz na Terra e é isto que significa “trazer luz” – a esfera dos anjos – para o meio das pessoas. Graças à sua presença aqui, minúsculas luzes começam a brilhar nessa névoa sombria de medo, tristeza e solidão, e os corações começam a se abrir. Sua luz faz uma diferença! Às vezes você mesmo consegue ver o efeito; mas muitas vezes não. Entretanto, isso acontece assim mesmo. Confie nesse processo e no fato de você estar aqui. Não tenha medo do escuro, da sombra. Acredite na sua própria força grandiosa!

Este é o meu apelo a você. Neste momento, a escolha da qual falei é extremamente importante. Você está pronto para escolher a luz – não regredir à repetição de velhos padrões, mas criar um novo padrão para si mesmo e os outros. Concentre sua consciência no que existe de poderoso, luminoso e amável em seu interior – então você pode fazer qualquer coisa. Tudo pode e deve fluir através de você. Sua luz não é enfraquecida pela escuridão, ela fica mais forte! Este é o verdadeiro significado de levar Luz à Terra. Estou profundamente conectado com você. Muito obrigado pela sua presença aqui.

Jeshua

Canal: Pamela Kribbe
Fonte: http://www.jeshua.net/por/
Tradução: Vera Corrêa

Deixe uma resposta