Jesus – “Seu estado natural é Ser, Estar em Unidade com a Fonte”

A humanidade está despertando, agora! É a Vontade divina que você faz quando decide que não deseja mais se envolver no jogo de separação do ego, e o coletivo tomou essa decisão e, portanto, seu despertar já está acontecendo; sinais deste importante evento estão aparecendo em todo o mundo.

Um número enorme de pessoas passou a compreender que a vida como um ser humano é uma oportunidade maravilhosa de evoluir espiritualmente e de se libertar de reagir impensadamente às questões que a vida lhes apresenta a cada momento, devido à orientação ou diretrizes movidas pelo medo de seus egos.

Cada vez mais pessoas estão se conscientizando de que seus egos sempre encorajam as reações motivadas pelo medo que não atendem aos melhores interesses de sua alma. Na medida em que se permita que o medo (ego) seja a razão principal ou fator motivador que direciona seus pensamentos, palavras e ações. Verão que suas vidas fluem de maneira mais suave e amorosa e, com frequência crescente, paz e aceitação irão substituir, ou pelo menos reduzir suas preocupações e ansiedades.

Todos vocês são filhos amados de Deus e, seu estado natural é viverem em relacionamentos harmoniosos e em comunidades amorosamente cooperativas, desfrutando do envolvimento mútuo em empreendimentos criativos emocionantes e estimulantes, porque vocês são divinos eternos. seres criativos e, fazer isso é muito gratificante e prazeroso para todos e, também, é claro, para o seu sempre amoroso Pai. A vida é Amor em ação quando se decide liberar seus apegos do medo!

O medo não os serve, é extremamente divisor, levando-os a se verem como seres separados, lutando e competindo uns com os outros por recursos limitados que acreditam que devem ter, a fim de resistir no ambiente mundano inseguro em que estão vivendo; um ambiente a partir do qual a grande maioria de vocês se vê como seres necessitados e desconectados lutando para sobreviver.

É claro que seus egos tentam esconder essa crença terrível e tentam persuadi-los de que com a ajuda deles podem conquistar e dominar o ambiente mundano em que se encontram ou, pelo menos, permanecerem seguros – até que a próxima questão de inevitável temor surja para confrontá-los.

A sobrevivência NÃO é um problema! São todos seres divinos eternos tendo uma experiência muito temporária e totalmente irreal de separação da Fonte, Mãe/Pai/Deus, Amor, ou qualquer rótulo que escolham adotar ao usarem a linguagem humana para designar o TODO. Como lhes foi dito repetidamente por tantos nos reinos espirituais: “Existe apenas o UM!” Portanto, cada um de vocês, cada forma de vida senciente é tudo, Um com o UM. NÃO existe um estado de separação e, portanto, NÃO existe a possibilidade de que mesmo um indivíduo na forma possa ser separado do TODO.

Desnecessário dizer que, quando estão experimentando a vida na forma, como seres físicos, mesmo que esse estado aparente seja ilusório, irreal, impossível, ele parece realmente muito real para o indivíduo que o experimenta.

A melhor maneira de reduzir enormemente essa sensação de separação ou abandono é ir para dentro, se recolherem em seus corações.

Quando você ir para dentro, para seus santuários internos santos, e firmemente definir a intenção de conhecer a si mesmos como você realmente é – um – e, em seguida, permitir e convidar amor em seus corações, você vai sentir que o amor, e experimentar a paz e conforto que o Amor é.

Não terão a intensidade total do Amor porque suas formas físicas não poderiam suportar a plenitude dessa energia, no entanto, saberão que o Amor está a abraçá-los. Sentirão Sua Presença, se permitirem que Ele os abrace, enquanto liberam quaisquer expectativas sobre como serão ou deveriam ser. Qualquer expectativa dessa natureza é uma necessidade impulsionada pelo ego que nunca pode ser satisfeita ou experimentada porque seus egos temem o Amor, temem a Realidade e os bloqueiam.

Seus egos têm uma necessidade intensa de estarem certos, numa necessidade intensa de provar que são indignos do Amor de Deus, para que possam continuar a mantê-los num estado de temor, permitindo-lhes guiar e direcionar seus pensamentos, palavras e ações. Como todos sabem, por amarga experiência, seus egos constantemente os levam a dizer e fazer coisas das quais mais tarde se arrepende, levando assim a uma intensificação de seus sentimentos de indignidade.

Portanto, quando adentrarem, RELAXEM! Sim, é mais fácil falar do que fazer, porque seus egos sempre querem que estejam pensando – pensamentos de reclamação e insatisfação – falando e fazendo.

Relaxar num estado profundamente meditativo os aterroriza, porque eles precisam desesperadamente do BARULHO, da distração, qualquer tipo de distração que exclua paz e sossego. Fazer – pensar, falar ou agir – é o estado natural do ego.

O estado natural de cada um de vocês é Ser, Estar em Unidade com a Fonte.

Portanto, quando escolhem adentrar em seus sagrados santuários internos e sentir o Amor esperando lá para abraçá-los, apenas relaxem na quietude da mente.

Sim, pensamentos e necessidades fluirão em seus cérebros, mas deixe-os fluir… E não deem atenção a eles, porque realmente vocês não têm necessidade! Fazer isso é o convite que o Amor está esperando, e Ele vai abraçá-los e vocês irão sentir!

Seu irmão amoroso, Jesus.

Canal: John Smallman
Fonte: http://johnsmallman2.wordpress.com/
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge

REPOST: http://www.sementesdasestrelas.com.br

Deixe uma resposta