“Abrir os caminhos da vida, por Pai João de Angola

Fio de Deus, todo caminho da vida, para ser aberto, solicita mente e sentimentos abertos.

O que mais entrava os caminhos de nossa vida não são os outros, mas sim nossas imperfeições.

O que mais impede a luz de chegar aos nossos destinos não é a inveja alheia, mas a nossa preguiça de construir e desenvolver os valores nobres que todos temos.

O que mais segura nossos passos na direção do sucesso não é a competência alheia, mas as algemas de desvalor que colocamos nos braços da nossa capacidade pessoal.

O que traz mais obstáculos aos caminhos da existência é o descuido com que muitos de nós nos conduzimos perante as responsabilidades a que somos chamados.

É dentro, e não fora de nós, que se encontram as pedras que edificam barreiras e limitações em nossos caminhos, muzanfios queridos.

Ter a mente e os sentimentos abertos significa repensar o que temos feito perante a vida, de forma que a nossa vida possa ser aquilo que queremos dela.

Quem fica muito preocupado com a macumba que o outro pode fazer para lhe prejudicar mal sabe, ou não quer admitir, que o maior “macumbeiro” de nossas vidas somos nós mesmos.

Portas trancadas e caminhos fechados são as vibrações de inveja, desânimo, medo e revolta que cultivamos no campo emocional e que impedem a passagem das boas energias do bem e do amor.

Vida trancada é a couraça vibratória que criamos diariamente com as posturas enfermiças.

Quando não queremos ver o que precisa ser reciclado em nós, as vibrações de fechamento formam uma espessa camada de energia tóxica, a qual passamos a carregar, amarrando os caminhos e desaproximando o bem e a luz de nossas estradas.

Abra seu coração, fio, peça ajuda.

Abra sua mente, pense diferente.

Abra sua vida, mude de conduta.

Ilumine sua mente, ore ao Pai Criador.

A maior insanidade humana, já dizia Einstein, é querer resultados diferentes fazendo as coisas todos os dias do mesmo jeito. “Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons”.* Acredite em vosmecê. Acredita na força superior que Deus depositou em seu íntimo. Não existe ninguém desprovido de valor. Acredite e seja feliz.

Deus te guardará.

Autor: Livro Fala, Preto Velho de Wanderley Oliveira

Deixe uma resposta